VOCÊ ESTÁ EM: HOME / NOTÍCIAS / ARTIGOS

Grupo contra o Peso discute fatores relacionados à obesidade


Por Dr Caetano Marchesini | Publicado dia 03/05/2018 ás 12h25 - Atualizado em 19/09/2018 ás 05h58

A Clínica Caetano Marchesini promoveu, na noite desta quarta-feira (02), mais uma edição do Grupo de Apoio Contra o Peso. Para esta ediçao foram convidados especialistas das áreas de ortopedia, clínica geral, nutrição, educação física e cirurgi bariátrica. O dr. Caetano Marchesini foi o mediador da 2a reunião do Grupo, que foi transmitida ao vivo pelo Facebook e obteve mais de duas mil visualizações.

Segundo Marchesini a reunião -  que será  realizada sempre na primeira quarta-feira de cada mês - tem ocmo objetivo tirar dúvidas e orientar pacientes operados e pessoas que buscam a perda de peso. 

Índice de Massa Corporal (IMC), vitamina D, reposição de ferro, gravidez após a cirurgia bariátrica, mastigação e problemas osteomusculares foram algumas das pautas dos especialistas. Dr. Marchesini aproveitou a oportunidade para tirar dúvidas dos internautas e das pessoas que compareceram ao bate-papo.

A obesidade está ligada uma série de problemas de saúde e configura-se como uma inflamação que afeta todo o corpo do doente. “Essa condição física acarreta em problemas cardiovasculares e também a risco de lesões por estar em uma condição doente. A obesidade é um estado inflamatório, o corpo inteiro está inflamado, e por isso vem as doenças como diabetes, hipertensão, ácido úrico”, aponta o Dr. Marchesini.

O cirurgião do joelho e do quadril,Thiago Fuchs, chamou atenção para os riscos que a obesidade traz  para as articulações do joelho e do quadril. “O obeso não é obeso há um mês. Foi em um longo período da vida que ele foi adquirindo peso e isso vai traz consequências para as articulações. O paciente com sobrepeso e obesidade tem alteração na coluna, aumenta a cifose, o pescoço acaba vindo para frente, causando desequilíbrio na coluna cervical e [...]”, destaca.

Os especialistas também discutiram sobre tratamentos e prevenção de problemas ósseos como a osteoporose e osteopenia. Marquesini, Fuchs e a nutricionista Tamires Precybelovicz chegaram ao consenso de uma tríade: atividade física, suplementação de vitamina D e exposição ao Sol adequada. “Uma delas falhando não vai dar certo”, afirma Fuchs.

Também participaram desta rodada do Grupo Contra O Peso o educador físico Fabiano Moreira e a Clínica Geral, Mirella Amalia Perez.

Grupo Contra o Peso

Idealizado pelo Dr. Caetano Marchesini, o Grupo Contra o Peso faz reuniões mensais, com a participação de pessoas interessadas na luta contra a obesidade e tira dúvidas sobre nutrição, atividade física e cirurgia bariátrica. Os encontros acontecem em todas as primeiras quartas-feiras de cada mês.


Resultado

SEU IMC ESTÁ ENTRE:

Menor que 17

Segundo a fórmula de Quetelet (IMC) seu peso está abaixo da normalidade. Muitas vezes é necessário complementar esta conta com um exame de bioimpedância. A bioimpedância é capaz de segmentar seu corpo calculando a quantidade de gordura e músculos. Na clínica dispomos deste exame em equipamento de última geração.

CLIQUE E VEJA MAIS

Entre 17 a 18.50

Segundo a fórmula de Quetelet (IMC) seu peso está abaixo da normalidade. Muitas vezes é necessário complementar esta conta com um exame de bioimpedância. A bioimpedância é capaz de segmentar seu corpo calculando a quantidade de gordura e músculos. Na clínica dispomos deste exame em equipamento de última geração.

CLIQUE E VEJA MAIS

Entre 18.5 e 25

Segundo a fórmula de Quetelet (IMC) seu peso está dentro da normalidade. Muitas vezes é necessário complementar esta conta com um exame de bioimpedância. A bioimpedância é capaz de segmentar seu corpo calculando a quantidade de gordura e músculos. Na clínica dispomos deste exame em equipamento de última geração.

CLIQUE E VEJA MAIS

Entre 25 e 29,99

Seu IMC representa o sobrepeso. Para esta faixa de excesso de peso, o tratamento é apenas clínico . Geralmente, mudanças nos hábitos alimentares com orientação nutricional e controle da ansiedade com acompanhamento psicológico e, algumas vezes, psiquiátrico é recomendado. E finalmente, não esquecer da importância da atividade física para ajudar a aumentar o gasto calórico, levando a uma perda de peso maior e duradoura.

CLIQUE E VEJA MAIS

Entre 30 e 34,99

Seu IMC representa uma Obesidade Grau I . Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica esta faixa de excesso de peso não poderá se beneficiar com a cirurgia. Atualmente o tratamento de escolha é o Balão Intragástrico associado à um acompanhamento mensal com equipe multidisciplinar. A aderência a este tratamento pode levar a perda de peso em média de 15 a 25 Kg em 6 meses.

CLIQUE E VEJA MAIS

Entre 35 e 39,99

Seu IMC representa uma Obesidade Grau II. Nesta faixa de peso, pessoas com doenças associadas à obesidade como pressão alta, diabetes ou pré-diabetes, doenças articulares ou de coluna, apnéia do sono grave, colesterol alto são indicativos de cirurgia bariátrica. Para saber se este é o seu caso precisa fazer exames específicos.

Você tem alguma doença associada ?

Sim                        Não

CLIQUE E VEJA MAIS

Maior que 40

Seu IMC representa Obesidade Mórbida. Atualmente não existe tratamento mais efetivo do que a cirurgia bariátrica para esta faixa de obesidade. A taxa de pacientes tratados clinicamente que voltam a engordar em dois anos com IMC acima de 40 chega a 92%.

CLIQUE E VEJA MAIS CLIQUE E VEJA MAIS