VOCÊ ESTÁ EM: HOME / NOTÍCIAS / ARTIGOS

Cirurgia metabólica: Encontro reúne especialistas em diabetes para discutir...


Por Dr Caetano Marchesini | Publicado dia 22/02/2019 ás 08h37 - Atualizado em 26/09/2019 ás 01h00

Na última semana, o cirurgião bariátrico Dr. Caetano Marchesini esteve em São Paulo (SP) para participar do "Novas Fronteiras", evento promovido pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM) que reuniu as principais sociedades médicas do país que atuam no cuidado e tratamento de pacientes com Diabetes Tipo 2.

Um dos tratamentos para o diabetes que tem se mostrado eficaz na remissão da doença é a cirurgia metabólica. Segundo o Dr. Caetano Marchesini, a aprovação da cirurgia metabólica pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) ocorreu com base em critérios que incluem a aplicabilidade clínica do procedimento, comprovação científica, segurança e eficácia.

“Esta medida coloca o Brasil ao lado de outros países como, por exemplo, a Inglaterra e os Estados Unidos, que já entenderam a importância de oferecer a cirurgia como opção terapêutica. Evidências científicas comprovam os benefícios da cirurgia metabólica que poderá ajudar um número grande de pessoas que sofrem com a diabetes”, declarou Marchesini.

EPIDEMIA

A opinião dos especialistas é unânime em apontar que a doença já é vista como uma epidemia global, devido ao elevado número de casos. Só no Brasil, cerca de 14 milhões de pessoas convivem com a doença.

Segundo dados apresentados por médicos e cirurgiões, devido a escassez de sintomas na fase inicial do Diabetes, cerca de 50% dos pacientes desconhecem o problema, e pelo menos a metade dos pacientes que estão em tratamento não atingem um controle adequado dos seus níveis de açúcar no sangue.

CIRURGIA METABÓLICA

Aprovada pela resolução 2.172/2017 do CFM, na cirurgia metabólica o paciente é submetido ao mesmo procedimento da cirurgia bariátrica. A diferença entre as duas é que a metabólica visa o controle da doença em primeiro plano.

De acordo com os estudos analisados, a cirurgia metabólica é segura e apresenta resultados positivos de curto, médio e longo prazos, diminuindo a mortalidade de origem cardiovascular, conforme demonstram estudos prospectivos pareados com mais de 20 anos de seguimento, séries de casos controlados, além de estudos randomizados e controlados.

Para receber a indicação de cirurgia metabólica, o paciente deve ter o Índice de Massa Corporal (IMC) entre 30 kg/m² e 34,9 kg/m², ter entre 30 e 70 anos, conviver com o diabetes por menos de 10 anos e apresentar resistência aos tratamentos clínicos com antidiabetéticos orais ou injetáveis por no mínimo dois anos, além de não ter contraindicações para a cirurgia e ter feito acompanhamento com endócrinologista.

NOVAS FRONTEIRAS

Além de representantes e especialistas ligados à SBCBM, também participaram do workshop 12 sociedades médicas, entre elas a Sociedades Brasileiras de Diabetes, Cardiologia, Nefrologia, Oftalmologia, Endocrinologia, Cirurgia Vascular, Hepatologia, e Nutrologia. Compareceram também as entidades dos cirurgiões Sociedade Brasileira de Cirurgia Minimamente Invasiva (Sobracil), Colégio Brasileiro de Cirurgiões (CBC) e Colegio Brasileiro de Cirurgia Digestiva (CBCD).

 


Resultado

SEU IMC ESTÁ ENTRE:

Menor que 17

Segundo a fórmula de Quetelet (IMC) seu peso está abaixo da normalidade. Muitas vezes é necessário complementar esta conta com um exame de bioimpedância. A bioimpedância é capaz de segmentar seu corpo calculando a quantidade de gordura e músculos. Na clínica dispomos deste exame em equipamento de última geração.

CLIQUE E VEJA MAIS

Entre 17 a 18.50

Segundo a fórmula de Quetelet (IMC) seu peso está abaixo da normalidade. Muitas vezes é necessário complementar esta conta com um exame de bioimpedância. A bioimpedância é capaz de segmentar seu corpo calculando a quantidade de gordura e músculos. Na clínica dispomos deste exame em equipamento de última geração.

CLIQUE E VEJA MAIS

Entre 18.5 e 25

Segundo a fórmula de Quetelet (IMC) seu peso está dentro da normalidade. Muitas vezes é necessário complementar esta conta com um exame de bioimpedância. A bioimpedância é capaz de segmentar seu corpo calculando a quantidade de gordura e músculos. Na clínica dispomos deste exame em equipamento de última geração.

CLIQUE E VEJA MAIS

Entre 25 e 29,99

Seu IMC representa o sobrepeso. Para esta faixa de excesso de peso, o tratamento é apenas clínico . Geralmente, mudanças nos hábitos alimentares com orientação nutricional e controle da ansiedade com acompanhamento psicológico e, algumas vezes, psiquiátrico é recomendado. E finalmente, não esquecer da importância da atividade física para ajudar a aumentar o gasto calórico, levando a uma perda de peso maior e duradoura.

CLIQUE E VEJA MAIS

Entre 30 e 34,99

Seu IMC representa uma Obesidade Grau I . Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica esta faixa de excesso de peso não poderá se beneficiar com a cirurgia. Atualmente o tratamento de escolha é o Balão Intragástrico associado à um acompanhamento mensal com equipe multidisciplinar. A aderência a este tratamento pode levar a perda de peso em média de 15 a 25 Kg em 6 meses.

CLIQUE E VEJA MAIS

Entre 35 e 39,99

Seu IMC representa uma Obesidade Grau II. Nesta faixa de peso, pessoas com doenças associadas à obesidade como pressão alta, diabetes ou pré-diabetes, doenças articulares ou de coluna, apnéia do sono grave, colesterol alto são indicativos de cirurgia bariátrica. Para saber se este é o seu caso precisa fazer exames específicos.

Você tem alguma doença associada ?

Sim                        Não

CLIQUE E VEJA MAIS

Maior que 40

Seu IMC representa Obesidade Mórbida. Atualmente não existe tratamento mais efetivo do que a cirurgia bariátrica para esta faixa de obesidade. A taxa de pacientes tratados clinicamente que voltam a engordar em dois anos com IMC acima de 40 chega a 92%.

CLIQUE E VEJA MAIS CLIQUE E VEJA MAIS