Skip to content

INFERTILIDADE: O EXCESSO DE PESO DIFICULTA A GRAVIDEZ?

Se você está tentando engravidar ou tem a intenção de começar a tentar, saiba que o excesso de peso – especialmente de modo significativo – pode afetar suas chances de engravidar e ter um bebê saudável.

 

Uma alimentação saudável e exercícios físicos regulares podem aumentar a sua fertilidade. Perder até mesmo alguns quilos podem fazer toda a diferença. O peso do pai também pode afetar suas chances de engravidar. Para esclarecer sobre o porquê de o excesso de peso dificultar a gravidez, acompanhe o artigo:

COMO POSSO SABER SE TENHO EXCESSO DE PESO OU SOU OBESA?

Uma medida comum para identificarmos se uma pessoa tem o peso normal, abaixo ou acima do indicado é o índice de massa corporal, ou IMC.

 

Para calcular seu IMC, divida o seu peso em quilogramas pelo quadrado da sua altura em metros. Um IMC considerado saudável é entre 18,5 e 24,9. Ter um IMC entre 25 e 29,9 é considerado “excesso de peso” e um IMC acima de 30 é considerado “obeso”.

O EXCESSO DE PESO DIFICULTA A GRAVIDEZ

A obesidade pode sim afetar a fertilidade, causando desequilíbrios hormonais e problemas com a ovulação, especialmente para as mulheres que estejam em uma primeira gestação.

 

O excesso de peso dificulta a gravidez, pois está associado à síndrome do ovário policístico, uma causa comum da infertilidade.

 

Ovário policístico é uma condição hormonal comum, especialmente em mulheres inférteis, afetando até um em cada cinco mulheres em idade reprodutiva. O diagnóstico precoce, um estilo de vida saudável e tratamento pode ajudar a otimizar a fertilidade.

 

Ser obeso pode prejudicar a sua fertilidade por inibir a ovulação normal, portanto a obesidade também pode afetar o resultado de fertilização in vitro.

COMO A OBESIDADE AFETA A GRAVIDEZ?

Se uma mãe é obesa, ela aumenta o risco de complicações na gravidez e problemas de saúde para o bebê. Riscos associados com a obesidade na gravidez incluem aborto, hipertensão, pré-eclâmpsia, diabetes gestacional, infecção, coagulação do sangue, necessidade de indução do parto, cesariana e até natimorto.

 

Os bebés nascidos de mães com sobrepeso ou obesas são mais prováveis ​​a  se tornarem crianças obesas e consequentemente irão ter mais possibilidades de desenvolver problemas de saúde na fase adulta.

DIABETES GESTACIONAL

Mulheres que são obesas são mais propensas a ter casos de diabetes que se desenvolvem durante a gravidez (diabetes gestacional) do que as mulheres que têm um peso normal.

PRÉ-ECLÂMPSIA

A pré-eclâmpsia é uma complicação da gravidez caracterizada por pressão arterial elevada e sinais de dano a outro sistema de órgãos, muitas vezes os rins. Outra consequência da obesidade em mulheres grávidas.

INFECÇÕES

Mulheres que aumentam demasiadamente o peso corporal durante a gravidez têm um risco aumentado de infecções do trato urinário. A obesidade também aumenta o risco de infecção pós-parto, independente do parto ser normal ou cesárea.

GESTAÇÃO LONGA

A obesidade aumenta o risco de que a gravidez continue por um período mais longo do que o esperado.

DIABETES E GRAVIDEZ

Para as mulheres com diabetes, é especialmente importante planejar a gravidez. Se possível, recomenda-se a avaliar a sua diabetes e sua saúde geral com o médico, pelo menos entre três e seis meses antes de tentar engravidar.

COMO POSSO PERDER PESO?

Com um plano de alimentação saudável e exercício físico regular, você estará em seu caminho para um peso saudável. Alternativamente, em casos indicados, a cirurgia bariátrica é uma ótima opção, sempre acompanhada de uma equipe multidisciplinar: cirurgião, nutricionista, psicólogo, dentre outros.

ESTAR ABAIXO DO PESO E FERTILIDADE

Estar abaixo do peso também pode reduzir a fertilidade da mulher. Isso, porque pode causar desequilíbrios hormonais que afetam a ovulação e, portanto, a chance de engravidar.

 

Ficou com alguma dúvida? Quer compartilhar sua experiência? Utilize os comentários abaixo e participe.

Olá! Tire suas dúvidas com nossa equipe de atendimento. Basta preencher os dados abaixo:

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.